BLOG EAD PREMIUM UNIFACVEST
14 de abril de 2022

O que é Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

No post de hoje, vamos falar sobre Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Então, se você tem algum dúvida sobre esse assunto, saiba que veio ao lugar certo. Afinal, vamos esclarecer as principais perguntas sobre esse tema, além de apresentar o curso de gradução, falar sobre o que é estudado e como é o mercado de trabalho para os formados.

Então, confira o post até o final e fique bem informado. Afinal, essa é uma área em expansão e merece sua atenção, até mesmo pela grande quantidade de vagas abertas aguardando profissionais qualificados para desempenhar a função da melhor maneira possível.

O que é Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

Para começar, vamos explicar um pouco sobre a área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Esse segmento é responsável, como o próprio nome já sugere, em analisar, desenvolver, projetar, implementar e atualizar sistemas de informação. Sendo assim, os profissionais responsáveis geram softwares que são executados em hardwares e operados por diversos usuários.

Porém, o termo Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas se refere ao curso deste segmento. É importante lembrar que esse curso é de nível superior, ou seja, considerado uma graduação e é essencial para quem quer trabalhar e seguir uma carreira na área.

O curso tem duração de 24 meses e como se trata de um curso de tecnolgia, ele é muito mais focado na prática e no mercado de trabalho. É por isso que a sua duração é menor se comparado com outras graduações como as licenciaturas ou o bacharelado em Direito, por exemplo. O importante é que, depois de formado, o profissional estará pronto para desempenhar as atividades relacionadas a Análise e Desenvolvimento de Sistemas e conquistar uma das vagas do mercado de trabalho.

O que se estuda no tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

Antes de se matricular em um curso tecnólogo a distância em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é interessante conferir quais matérias serão ensinadas. E na grade curricular do EAD Premium Unifacvest você tem acesso a teoria e práticas necessárias para a profissão. Você tambem pode conferir os grandes projetos e atividades.

Nosso curso é dividido em 4 semestres e cada um deles conta com dois módulos. Abaixo, você pode conferir a grade curricular completa. Lembrando que todos os nossos cursos são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). E é esse reconhecimento que torna o seu diploma válido e bem aceito quando você for procurar por vagas na área, ou ainda, quando for fazer uma especialização, como uma pós-graduação.

Além disso, aqui no EAD Premium Unifacvest ao final de cada módulo, sendo aprovado nas disciplinas, você receberá um certificado que te possibilitará ingressar ou progredir no mercado de trabalho. Quando concluir sua graduação você conquistará um total de quatro certificados de qualificação profissional. São eles:

  • Certificado de Qualificação Profissional em Desenvolvimento em Aplicações Python;
  • Certificado de Qualificação Profissional em Prototipação Web;
  • Certificado de Qualificação Profissional em Desenvolvimento Mobile;
  • Certificado de Qualificação Profissional em Empreendedorismo Digital e Governança de TI.

Grade curricular

1º semestre

Módulo 1 A

  • Liderança, Cidadania, Ética e Tecnologia Sustentável;
  • Cybersecurity;
  • Integração Computacional de Hardware e Software.

Módulo 1 B

  • Gestão Ágil de Projetos de Softwares;
  • Desenvolvimento de Soluções com Python;
  • Direitos Humanos e Relações Sociais;
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) I;
  • Atividade Prática e Complementar (APC) I.

2º semestre

Módulo 2 A

  • Desenvolvimento Web;
  • Cloud Computing;
  • Sistemas Operacionais E Internet Das Coisas (LOT).

Módulo 2 B

  • Engenharia de Software;
  • Projeto Web;
  • Educação Ambiental;
  • Atividade Integradora I;
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) II;
  • Atividade Prática e Complementar (APC) II.

3º semestre

Módulo 3 A

  • Programação Mobile;
  • Devops;
  • Modelagem De Banco De Dados.

Módulo 3 B

  • Inteligência Artificial e Ambientes Cognitivos;
  • Projeto Mobile;
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras;
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) III;
  • Atividade Prática e Complementar (APC) III.

4º semestre

Módulo 4 A

  • Governança de TI e Direito Cibernético;
  • Digital Business e Design Thinking;
  • Empreendedorismo Digital e Tecnologias Exponenciais.

Módulo 4 B

  • Programação de Alta Performance;
  • Atividade Integradora II;
  • Atividade Curricular de Extensão (ACE) IV;
  • Atividade Prática e Complementar (APC) IV;
  • Desenvolvimento de Startups.

Áreas de atuação para formados em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Agora que você já conheceu mais sobre o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, vamos falar um pouco mais sobre as possibilidades de atuação para os profissionais formados. Afinal, antes mesmo de iniciar seus estudos é importante conhecer o mercado, saber o que ele espera dos profissionais, quais habilidades estão em alta e como você pode se destacar.

Sendo assim, após concluir a graduação em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas há um leque interessante de possibilidade de atuação. Como, por exemplo, o desenvolvimento de softwares, em que o profissional atua em busca de soluções para as demandas de usuários e empresas. Porém, é importante lembrar que esse trabalho passa por alguns processos importantes: levantamento de requisitos; análise de requisitos; desenho do projeto; implementação; testes; e implantação (quando o usuário recebe o software pronto para ser instalado).

A administração de redes também é outra possibilidade de atuação para esses profissionais. Nesse caso, o seu trabalho envolve a definição de quais redes são mais adequadas para um negócio; além de trabalhar a parte de hardware do processo; oferecer manutenção para garantir o bom funcionamento das redes; priorizar a segurança das informações envolvidas na rede; e ainda, verificar as possibilidades de expansão e atualização das redes.

O terceiro exemplo de função é o DevOps, aquela pessoa que trabalha ao lado do desenvolvedor de software e do profissional de infraestrutura. Seu objetivo é realmente fazer uma ponte entre esses dois setores. Esse profissional também é responsável pela padronização dos sistemas, assim como, fazer as documentações exigidas e contribuir para o gerenciamento de novas versões. Outra atividade importante do DevOps é ajudar a simplificar os processos de produção, tornando as tarefas automáticas e as estruturas escaláveis.

Aposte em um curso de graduação na área

Já deu para perceber que as possibilidades de atuação no ramo são diversas e ainda há outras como: administrador de banco de dados, backend e arquiteto da informação. Então, fica claro que essa é uma ótima opção para o seu futuro profissional. Sendo assim, o primeiro passo é apostar em uma graduação de qualidade. Afinal, o curso de nível superior é a base para a sua carreira.

Confira mais também sobre a graduação em ciência da Computação e o que faz um profissional formado nesse segmento.

Graduação ou Pós-Graduação? Fique atualizado e saia na frente! Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

    Estamos online!