Cursos na área de TI

  • Mercado de trabalho para formados em Gestão da Tecnologia da Informação – TI

    4 de junho de 2021

    Enfim, hoje concluímos a nossa última postagem aqui do blog EAD Premium Unifacvest sobre o curso de Gestão da Tecnologia da Informação – TI.  Durante alguns dias você teve a oportunidade de conhecer mais sobre o curso de graduação, e suas possibilidades de carreira após a formação.  No ...

    veja mais
  • Gestão da Tecnologia da Informação: vantagens e metodologia EAD

    2 de junho de 2021

    A educação a distância chegou para ficar trazendo um conceito de maior flexibilidade e autonomia para quem opta por esta modalidade de ensino. Por isso, hoje abordaremos as vantagens e metodologia EAD, única e exclusiva, oferecida pelo EAD Premium Unifacvest. Seguindo esta proposta e focando no ...

    veja mais
  • O que faz um profissional formado no curso de Gestão da Tecnologia da Informação?

    1 de junho de 2021

    No post de hoje vamos retomar a abordagem sobre o curso de Gestão da Tecnologia da Informação.  Assim, a partir de agora, você vai ficar por dentro das atribuições do profissional formado nesta área, bem como vai poder rever algumas informações acadêmicas que dizem respeito à graduação em TI.  ...

    veja mais
  • O que se estuda em Gestão da Tecnologia da Informação?

    31 de maio de 2021

    Por se tratar de uma formação bem abrangente, que possibilita a atuação em diversas frentes no mercado de trabalho, o curso de Gestão da Tecnologia da Informação deve oferecer um embasamento teórico e prático bastante sólido. De forma resumida, o tecnólogo desta área é o responsável por ...

    veja mais
  • Gestão da Tecnologia da Informação: o que é?

    28 de maio de 2021

    Se você está prestes a entrar no ensino superior e precisa de informações sobre o curso de Gestão da Tecnologia da Informação, veio ao lugar certo! A partir de agora aqui no blog EAD Premium Unifacvest você vai ficar por dentro de tudo o que precisa saber sobre o curso de Gestão da Tecnologia ...

    veja mais
  • Mercado de trabalho na Ciência da Computação

    14 de maio de 2021

    O mercado de trabalho na Ciência da Computação oferece possibilidade de uma carreira promissora e estável para os profissionais qualificados que, em geral, são muito requisitados nas organizações dos mais diversos segmentos. A seguir vamos detalhar tudo sobre as áreas de atuação, remunerações e ...

    veja mais
  • Ciência da Computação EAD: vantagens e metodologia

    14 de maio de 2021

    Se você está pensado em iniciar um curso de Ciência da Computação EAD veio a lugar certo. No EAD Premium Unifacvest você terá acesso a uma metodologia específica, que garante um aprendizado mais completo, mais simples e mais flexível ao cursar uma faculdade a distância. Vantagens do curso de ...

    veja mais
  • O que faz um profissional de Ciência da Computação?

    13 de maio de 2021

    Está pensando em ingressar em uma faculdade de ciência da computação, mas tem dúvidas sobre a carreira do profissional de Ciência da Computação? Veio ao lugar certo! Vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre a área. Iniciaremos falando sobre qual é o perfil do profissional de ciência ...

    veja mais
  • O que se estuda em Ciência da Computação?

    13 de maio de 2021

    Aqui você saber tudo sobre o que se estuda em Ciência da Computação, essa é uma área muito importante, pelo fato de que seu conteúdo pode ser aplicado em qualquer área do conhecimento humano. Com práticas de ciência da computação é possível definir métodos de resolução de problemas que são ...

    veja mais
  • O que é Ciência da Computação?

    12 de maio de 2021

    Inicialmente, podemos definir a ciência da computação como a área responsável pelo estudo das técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas. Seu principal objetivo é a automatização dos processos e o desenvolvimento de soluções de processamento de dados, tanto ...

    veja mais

O mercado da tecnologia da informação, também conhecido pela sigla de TI, é atualmente um dos mais aquecidos no mundo.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação – Brasscom, a área de tecnologia da informação – TI deve criar 420 mil novas vagas até 2024, porém, a estimativa é de que até lá, 150 mil vagas não sejam preenchidas por falta de pessoas qualificadas.

Ainda de acordo com a Brasscom, as instituições formam, por ano, 46 mil pessoas com perfil tecnológico, o que ainda é insuficiente, gerando um déficit de 24 mil especialistas anualmente.

Neste cenário, o incentivo para seguir uma carreira nesta área não é pequeno, ainda mais se você considerar o aspecto financeiro oferecido pelas profissões.

Isso porque, para 2020, a faixa salarial no Brasil está entre R$ 4 mil e R$ 15 mil, dependendo do nível de conhecimento do profissional, segundo levantamento realizado pela Geekhunter, plataforma de vagas para programadores e desenvolvedores.

Outra boa notícia sobre a área de tecnologia da informação é que a pesquisa, que também considerou outros buscadores de emprego como referência, descobriu que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, o setor de TI foi considerado um dos menos afetados.

Então, se você está buscando saber mais sobre os cursos que permitem que você ingresse na área de TI, é só ficar ligado neste texto.

A partir de agora, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre as graduações da área.

QUAIS SÃO OS MELHORES CURSOS DE TI?

Ciência da Computação

A ciência da computação estuda as técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas, visando automatização dos processos e desenvolvimento de soluções de processamento de dados, tanto de entrada como de saída em computador, transformando os mesmos em informações.

Esta é uma das áreas que mais cresce no Brasil, atualmente, graças aos novos avanços tecnológicos e a demanda por mão de obra qualificada para desempenhar a função e auxiliar no desenvolvimento tecnológico de cada empresa.

Na faculdade de ciência da computação o aluno estudará diferentes técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas, com objetivo de melhorar a automatização de processos e desenvolver soluções de processamento de entrada e saída de dados.

É importante ressaltar que no curso de TI além de estudar algoritmos, suas aplicações e saber como implementá-los no formato de um programa eletrônico (software), o aluno formado também será capaz de aplicar técnicas de modelagem e gerenciamento de banco de dados, telecomunicações e protocolos de comunicação, bem como princípios em diferentes especializações.

Enfim, a remuneração para a carreira de Ciência da Computação, em uma empresa de pequeno porte, pode variar entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Já em uma de médio porte, tem cifras girando em torno dos R$ 3 mil e R$ 4 mil. Enquanto em empresas de grande porte, os vencimentos iniciam na faixa dos R$ 4 mil e há casos em que podem até alcançar os R$ 8 mil.

Lembrando que esses são números baseados em início de carreira, ou seja, o piso. No auge, assim como em cargos públicos, ao adquirir experiência e aperfeiçoar o currículo com cursos, o teto pode ser de R$ 15 mil ou mais.

Gestão da Tecnologia da Informação

O curso de Gestão de Tecnologia da Informação é aquele que prepara o aluno para trabalhar na administração dos recursos tecnológicos em empresas e entidades públicas.

A tecnologia da informação está cada vez mais presente na vida das pessoas, tanto no ambiente corporativo quanto nas residências (como por exemplo, a automação de sistemas de iluminação ativados por voz, com uso de tecnologia wi-fi). Então, esse profissional encontra um mercado de trabalho aquecido, com salários atraentes.

O perfil do profissional que deseja seguir uma carreira de sucesso em tecnologia da informação envolve saber planejar, direcionar e controlar as atividades relacionadas à tecnologia da informação. Além disso, ele precisa saber como adequar a infraestrutura tecnológica para a correta execução dos processos de um negócio ou empresa, sempre acompanhando a evolução da área para poder levar ideias inovadoras, capazes de transformar o mercado.

Ao se formar em um curso de tecnologia da informação o profissional poderá atuar nos mais diferentes setores da economia, desde a área de informática, departamento financeiro, setor de saúde, entre muitos outros. O profissional com um diploma de graduação em tecnologia da informação pode atuar em todas as camadas da hierarquia de uma organização, ocupando cargos de consultor, gerente e até mesmo de diretor.

Como já mencionado anteriormente, o curso de tecnologia da informação prepara o aluno para papéis estratégicos dentro de uma empresa, dando capacidade de oferecer suporte às decisões que envolvem investimentos tecnológicos, contratação e gerenciamento de mão de obra especializada.

A remuneração para esta área é um fator muito atrativo também, por exemplo um gerente de TI pode ganhar R$ 13 mil em início de carreira, chegando ao valor mensal de R$ 30 mil, dependendo do porte da organização e dos anos de experiência profissional. E quando falamos do cargo de analista de tecnologia da informação, os salários podem variar de R$ 3,5 mil a R$ 5 mil; já para o cargo de coordenador de sistemas de TI a média fica em torno de R$ 5 mil a R$ 8 mil mensais, dependendo da empresa.

Sistemas de Informação

O profissional de Sistemas de Informação administra fluxos de informação em qualquer rede de computadores, seja de empresas ou particulares. Ele desenvolve sistemas de armazenamento e recuperação de dados.

Empresas de qualquer tamanho e de diversos setores da economia fazem uso dos serviços deste profissional.

Uma das principais áreas em que este profissional atua é no desenvolvimento de software. Ele projeta e desenvolve sistemas a partir das necessidades dos usuários. Também cuida da funcionalidade de sites, garantindo que as informações possam ser acessadas de forma correta e organizada.

Como administrador de fluxo de informações, este profissional atua na modernização e agilidade dos processos de comunicação de uma organização. Ele cria programas para facilitar a comunicação interna, adaptando-os às necessidades de uma determinada empresa, sendo também responsável pela instalação do sistema.

Alguns profissionais da área de Sistemas de Informação trabalham com modelagem, criando modelos matemáticos que são capazes de simular situações reais. Esses modelos são utilizados para prever e prevenir problemas.

A remuneração inicial média deste perfil profissional fica em torno de R$ 1.915,00, considerando uma empresa de porte pequeno. Já o teto salarial pode chegar a R$ 7.902,85, se considerarmos uma grande empresa.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

O tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é um profissional de nível superior que analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implementa e cuida da manutenção de sistemas computacionais e software.

O analista de sistemas é o profissional que elabora programas de computador. Ele é responsável pela modelagem de dados, pelo levantamento de requisitos e criação de sistemas adequados para cada tipo de empresa e pela implementação dos programas, de acordo com os objetivos e regras do negócio.

Este profissional pode atuar também na customização e programas já implementados, para que eles se adequem às necessidades da empresa. Além de poder participar de testes de sistemas e trabalhar na evolução destes softwares.
Como em outras áreas ligadas à TI, o mercado para analistas e desenvolvedores de sistemas é promissor e faltam profissionais qualificados para atender a demanda das empresas.

De acordo com uma pesquisa do site Catho (maior portal de empregos do país), o salário de um profissional formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas fica entre R$ 2.130 e R$ 6.400.

Mas, isso depende de diversos fatores, como tempo de experiência no mercado, nível de conhecimento e especialização do profissional, segmento da empresa em que atua, tamanho da cidade e da companhia onde trabalha.

Engenharia da Computação

O profissional formado em Engenharia da Computação é capaz de projetar e construir hardware e software.

O hardware consiste na parte física do computador, suas estruturas e componentes e seus periféricos (como teclado, mouse e monitor). Nessa área, o engenheiro de computação faz a integração de circuitos eletrônicos da máquina e desenvolve placas de ligação entre o equipamento e seus acessórios.

Na área de desenvolvimento de software o engenheiro da computação cria programas de computadores e aplicativos para os mais diversos fins.

Outra área em que um engenheiro da computação pode atuar é o campo da automação industrial e robótica, desenvolvendo robôs e sistemas digitais para fábricas e indústrias.

Também é comum que este profissional atue no suporte e gerenciamento de redes de computadores em empresas de grande porte.

Dessa forma, o engenheiro da computação é um profissional bastante disputado no mercado e pode alcançar altos salários, já que ele é responsável por projetar, desenvolver e implementar equipamentos e dispositivos computacionais. Embora tenha uma formação generalista, envolvendo tanto equipamentos quanto sistemas, é na área de hardware que o engenheiro de computação atua com maior frequência.

Como qualquer profissional da área de tecnologia, este engenheiro precisa acompanhar os avanços científicos e tecnológicos da área em que atua. Estar atualizado sobre as novidades é essencial para se manter competitivo no mercado de trabalho.

O salário médio para o profissional de Engenharia da Computação é de R$ 9.455,00 na função de engenheiro de software. Já os engenheiros de hardware e os de sistemas computacionais ganham na faixa de R$ 6.822,59.

Rede de Computadores

O tecnólogo em Redes de Computadores é responsável por elaborar, implantar, manter e gerenciar projetos físicos e lógicos de computadores, incluindo a conectividade entre sistemas diferentes, garantindo que programas, sistemas e equipamentos possam se comunicar dentro de uma mesma rede. Garantir a segurança de acesso também faz parte de suas responsabilidades.

O profissional especializado em Redes de Computadores detém os conhecimentos necessários para projetar, implantar, gerenciar e integrar as redes de computadores. Ele identifica necessidades, elabora especificações e avalia soluções para segurança de redes de computadores.

Esse profissional também pode fornecer suporte técnico aos usuários da rede e controlar a segurança do ambiente computacional. Além disso, ele também pode analisar e documentar projetos, emitir laudos e pareceres técnicos e propor melhorias no desempenho de redes.

Os especialistas em Redes de Computadores podem atuar tanto em empresas de Tecnologia da Informação quanto nos setores de TI de empresas em geral. Eles também podem ser trabalhadores autônomos, atuando na prestação de serviço de manutenção de computadores.

Sendo assim, o tecnólogo em Redes de Computadores pode trabalhar como administrador de redes, implantando e administrando redes, analista de suporte, dando suporte a usuários e instalando e administrando programas de antivírus, e como analista de segurança de redes, desenvolvendo projetos e administrando a segurança da rede.

Eles ainda podem ser gestores de redes, criando projetos de redes e gerindo equipes, consultores de tecnologia, projetando redes de computadores sob demanda, e arquitetos de soluções, que são os responsáveis por otimizar estruturas de telecomunicações.

O salário médio do profissional tecnólogo formado em Rede de Computadores no Brasil é de R$ 4.623,38 por mês.

Banco de Dados

O objetivo do curso de Banco de Dados é preparar profissionais capazes de gerenciar, implantar, desenvolver e projetar bases de dados, usando ferramentas e técnicas de supervisão, administração e programação. Também é responsável pela integridade das informações coletadas e métodos de segurança.

O currículo dessa formação é semelhante ao de outras graduações na área de Tecnologia da Informação, como Análise de Sistemas, Desenvolvimento de Software e Sistemas da Informação. A diferença é que o tecnólogo em Banco de Dados desenvolve aptidões mais específicas para implantação e gerenciamento de sistemas de bases de dados.

Este profissional tem papel estratégico numa organização. Sua função é manipular sistemas tecnológicos que permitam organizar, estruturar e distribuir as informações de uma empresa, sendo também responsável pela segurança dessas informações. Ele também é o responsável por analisar os dados com a finalidade de criar estratégias e tomar decisões corporativas.

O curso de tecnólogo forma profissionais capacitados para projetar, modelar, programar, testar e gerenciar banco de dados, desenvolver estruturas de segurança, administrar ambientes, entre outras funções.

Nos dias atuais, quem trabalha como Analista de Banco de Dados ganha em média um salário de R$ 3.756,00.

Graduação ou Pós-Graduação? Fique atualizado e saia na frente! Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.